O diário da Inês

sábado, 15 de dezembro de 2012

Dia 87 (14/12/12)


Calma, calma, estou viva, só que ontem acabei por não escrever o meu post diário, mas aqui está ele…
Ontem comecei o dia a ver algo que me deixou de boca aberta, ia uma gaja no autocarro a pintar os olhos com rímel, sem espelho e enquanto o autocarro, travava, acelerava, pisava passeios, ect, ela fez isto tudo sem vazar um olho, admirável, não?

Ontem foi dia de almoço de Natal fomos a um restaurante muito chique e foi muito divertido, para começar tínhamos uma espécie de “rebuçados” gigantes que têm pólvora dentro que faz barulho a rebentar e que dentro tem um papel com uma adivinha e uma prendinha, chama-se christmas cracker. Para abrir estes christmas cracker temos que cruzar mãos todos em volta da mesa e puxar para abrir e ver quem fica com a parte que tem o conteúdo, eu fiquei com duas partes com conteúdo mas dei a minha segunda ao meu companheiro do lado que tinha ficado sem nenhuma. Dentro destes christmas cracker vem um papel com uma adivinha (a minha era: “Why are fish easy to weigh? Because they have their own scales”) uma prenda (no meu caso uma pinça) e uma coroa de papel que todos devem usar durante a refeição.



O almoço em si, tínhamos várias opções mas as que eu escolhi já há mais de 1 mês tinha sido tempura de vegetais, perú e chocolate puddin. A tempura não gostei porque maioritariamente era pimento e eu não gosto de pimento, mas o resto estava bem bom.





Depois de almoço fomos até a um bar, que estava cheio de gente, mas esta gente não trabalha? O bar era também no Barbican tal como o restaurante, ambos se chamam Dolphin e o bar é um bar típico de cá onde os pescadores se reuniam para beber uns copos. Depois às 8h da noite (sim, às 8h da noite) fomos até outro bar para dançar. Antes da meia-noite já estava em casa, mas como estava muito cansada e com sono acabei por não escrever o post a contar-vos como tinha sido o meu dia. Mas, resumindo foi um dia muito divertido. O que não foi nada giro foi a visão dos infernos que eu tive quando estava a sair do bar, vi uma mulher em que cada perna tinha a minha largura e que tinha celulite como eu nunca tinha visto, e tinha vestido uma saia que mal lhe tapava o cú e para finalizar em grande estava a dançar em cima de uma mesa! 

2 comentários: