O diário da Inês

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Filetes de peixe com corn flakes

Vi uns filetes de peixe panados com Corn Flakes no blogue Delícias da Vó Deo e logo decidi que ia ter que fazer algo semelhante aqui em casa. Alterei um pouco o tempero e fiz no forno em vez de fritar, de resto está igual. E como a sexta-feira santa está a chegar a minha sugestão é que aproveitem para experimentar esta receita nesse dia, já que diz a tradição (para quem a segue), que nesse dia não se deve comer carne.

Aproveito também para levar esta receita para a mesa da Marta do blogue, Intrusa na Cozinha, cujo ingrediente do mês, este mês, é o arroz. Sei que é apenas um acompanhamento e não sei se merece destaque mas eu gosto tanto de arroz de tomate que sou capaz de fazer uma refeição só dele.

Como o tempo anda um pouco curto aqui por estes lados, muito para fazer e o tempo passa a voar, nos próximos tempos irei ter que parar as minhas partilhas. Claro, que vou tentar manter a minha participação nos desafios em que costumo participar, mas de resto não deverei publicar muito mais. Vamos ver se consigo voltar em breve e cheia de força, pois tenho tanta coisa em atraso para partilhar convosco.

Boa Páscoa! 

Ingredientes para o peixe:
  • filetes de peixe
  • limão
  • polvilho doce
  • ovos
  • salsa
  • corn flakes (esfarelar ligeiramente com as mãos) - usei uns 0 açúcares
  • sal e pimenta q.b.

Modo de preparação do peixe:
Tempere os filetes com limão, sal e pimenta e deixe a marinar durante pelo menos 30 minutos.
Passe os filetes primeiro por polvilho doce, depois por o ovo batido misturado com a salsa e por fim pelos corn flakes esfarelados.
Colocar num tabuleiro de ir ao forno e levar ao forno, a 180º, até que os filetes estejam cozinhados.


Ingredientes para o arroz de tomate:
  • tomates
  • polpa de tomate
  • cebola
  • alho
  • azeite
  • salsa
  • arroz
  • água
  • sal

Modo de preparação do arroz de tomate:
Num tacho colocar o azeite, a polpa de tomate, a cebola, o alho, a salsa e os tomates tudo picado e fazer um refogado. Juntar a água e o sal e quando a água começar a ferver juntar o arroz, deixar cozinhar até o arroz estar quase seco se preferem arroz malandro ou deixar secar a água toda, se são cá dos meus e gostam dele bem seco!



terça-feira, 11 de abril de 2017

Roulotte

Quando vou ao centro comercial, por norma procuro sempre algo novo que não conheça, não sou muito de ir aos mesmo sítios de sempre. Desta vez e numa noite em que fomos ao cinema, decidimos jantar pelo Norteshopping. Depois da voltinha da praxe para ver o que há optámos pela Roulotte, que até à data eu desconhecia. 
Eu decidi comer um prego e ele um hambúrguer. O hambúrguer por levar pimentos (que eu não gosto) não consegui achar grande piada. Já o meu prego estava óptimo, a carne tenra, cozinhada no ponto certo, com o queijo e a compota de cebola a casarem na perfeição.
Assim é uma boa opção para quando forem ao centro comercial. O preço é que para o tamanho que o prego tinha me parece um pouco elevado. Quando há coisas em volta mais baratas e servidas em maior quantidade, essa pode ser uma razão que leva as pessoas a preferirem ir ao vizinho do lado! 

Morada: Norteshopping, Rua Sara Afonso, 105-117, Piso 1, Loja 1.162, Matosinhos





Hambúrguer grill BBQ (hambúrguer de novilho, legumes grelhados, queijo cheddar, alface e molho BBQ)

Preguinho da Serra (bife de alcatra, queijo da serra, compota de cebola e manteiga)


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Comidas da mamã com... Recanto com Tempero

Pois que chegámos novamente ao dia em que quem cozinha por aqui é uma convidada. Hoje no Comidas da mamã com... tenho o prazer de ter a Ana, responsável pelo blogue Recanto com Tempero. A quem não conhece este blogue eu aconselho a que passem por lá e vejam as maravilhosas receitas com que ela nos brinda. São desde receitas simples para o dia-a-dia, até aos bolos mais lindos e gulosos que vocês possam imaginar. A sério, passem por lá, vejam os bolos que ela faz e digam-me se não tenho razão.  
Podia dizer muito mais, mas não vos prendo mais para que possam ver a receita da Ana


"Fui convidada pela minha querida Inês, mentora do blogue O diário da Inês, a participar na sua rubrica “Comidas da mamã com...”. Não foi nada fácil decidir a receita, pois o leque de escolhas é bastante vasto. Contudo, os pratos que mais aprecio e recordo da minha infância, feitos pela minha mãe, são as massadas. Sempre apetitosas e reconfortantes. Saciam o corpo e a alma! Por isso, escolhi esta bela massada com carne e legumes!
O bichinho pela cozinha começou desde cedo. Sempre gostei de ver a minha mãe a cozinhar. No entanto, confesso que o meu verdadeiro gosto nesta área despertou depois de casar, quando comecei a decidir sozinha o que comprar e confecionar para todas as refeições. De qualquer forma, a minha mãe sempre foi e continuará a ser uma inspiração para mim. E há pratos que ninguém faz como ela!
Agradeço à Inês este convite, esperando que experimentem e apreciem a minha sugestão.


Massada com carne e legumes
RECEITA

INGREDIENTES
1 cebola (média)
azeite q.b.
2 folhas de louro
1 cubo de caldo de carne
2 dL de água morna
2 dL de vinho branco
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
500 g de carne bovina
1 chouriço de carne
1 cenoura (grande)
100 g de ervilhas (usei congeladas)
300 g de massa (usei macarrão grande)
sal q.b.
pimenta preta moída q.b.
água q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO
Descasque a cebola e pique-a para um tacho (grande).
Adicione o azeite as as duas folhas de louro.
Leve o tacho ao lume até a cebola começar a dourar.
Acrescente o vinho, o cubo de caldo de carne dissolvido previamente na água morna e a polpa de tomate. Mexa e deixe levantar fervura.
Junte a carne partida em bocados e tempere com sal e pimenta. Deixe-a estufar lentamente.
Entretanto, corte o chouriço em rodelas, descasque a cenoura e corte-a também em rodelas. Reserve.
Quando a carne estiver estufada, retire-a e reserve.
Acrescente água abundante (suficiente para depois cozinhar a massa) ao molho que ficou no tacho. Quando ferver, adicione a cenoura, as ervilhas e o chouriço. Deixe cozinhar um pouco.
Junte a massa e retifique os temperos.
Deixe a massa cozinhar durante o tempo indicado na embalagem. 

Quando a massa estiver pronta, desligue o fogão e junte-lhe novamente a carne. Envolva bem e está pronto a servir."




Obrigada Ana por teres aceite o meu convite e por teres trazido um prato tão tradicional, saboroso e claramente de mamã! Como dizes é um prato que reconforta corpo e alma. É pois mais uma receita aprovada! :)


sábado, 8 de abril de 2017

Biscoitos Bilbaus

Foi no Mercado Rural -  O Berdinho (Centro Comercial Bombarda, Porto) que conheci estes biscoitos deliciosos. E de que são estes biscoitos perguntam vocês. São e transcrevo tal como está na página de Facebook deles "biscoitos de amêndoa caseiros confeccionados de forma artesanal e seguindo uma receita familiar antiga usando apenas produtos portugueses".
A senhora que nos vendeu os biscoitos explicou que estes eram muitos bons se acompanhados com café ou vinho do Porto, que ambas as bebidas intensificavam o sabor a amêndoa do biscoito. Posso dizer que já experimentei com ambas as bebidas e confirmo, tanto o café como o vinho do Porto tornam o sabor a amêndoa ainda mais intenso e delicioso.
Para saberem mais informações, saber onde estão presentes ou até encomendas podem ir à página de Facebook aqui





sexta-feira, 7 de abril de 2017

Waffles

Quem não gosta de waffles? Acredito que sejam muito poucos os que respondem a esta questão com um eu.
Esta receita que vi no blogue A Casinha das Bolachas cativou-me logo por levar tão poucos ingredientes, pouco açúcar e nenhuma manteiga. Já foi feito várias vezes, comido com chocolate e com mel e sabe sempre bem! Não quer dizer que de vez em quando não nos apeteça uns daqueles menos saudáveis cheios de açúcar e manteiga, mas estes dão para matar o desejo muito bem. 

Ingredientes:
  • 1 chávena de farinha
  • 1/2 colher de sopa de fermento
  • 1/4 de colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 ovo
  • 1 chávena de leite (250 ml)

Modo de preparação:
Colocar numa tigela a farinha, o fermento, o sal e o açúcar e misturar. Juntar o ovo e o leite e misturar bem.
Colocar a massa na máquina dos waffles e deixar até dourar.

Nota: Esta massa rende 7 waffles.




quinta-feira, 6 de abril de 2017

Restaurante Atlântico

Este restaurante fica localizado mesmo em frente ao mar, podem ver nas fotos abaixo a paisagem que se encontra na frente do restaurante, por isso é um bom sitio para ir em dias de sol, pois depois sempre podem aproveitar para dar um passeio. 
Foi-nos dito que o arroz de marisco era muito bom, e que os filetes de pescada eram fantásticos. Dos filetes duvidei um pouco, pois pensei como uns filetes de pescada poderiam ser fantásticos? A verdade é que tenho que dar a mão à palmatória pois os filetes eram realmente fantásticos, muito bem temperados e bem panados. Já o arroz de marisco não o achei assim tão espectacular. Mas, a verdade é que tinha imenso camarão sendo que a grande maioria já vinha descascado, o que é sempre bom.
As lulas grelhadas estavam saborosas e tenras. 
As sobremesas eram saborosas mas nenhuma das duas que provei me fascinou.
O atendimento foi rápido e simpático.

Morada: Av. da Praia de Angeiras 676, Lavra



Arroz de marisco

Lulas grelhadas

Filetes de pescada

Molotof

Tarte de amêndoa




quarta-feira, 5 de abril de 2017

Parece que ele também cozinha - Pão rápido na Bimby

Uma tarde destas em que começava a dar aquela vontade de lanchar vimos que não havia pão em casa. Assim tínhamos a opção de fazer pão. Procurei uma receita que fosse rápida de fazer e ele meteu mãos à obra e fez este lindo, fofo e delicioso pão que levou no total uns 40 minutos desde que se começou a fazer até lhe darmos a primeira dentada. :)

Ingredientes:
  • 300 g de água
  • 500 g de farinha sem fermento (na receita original fala em T65 mas nós usámos T55)
  • 1 saqueta de fermento seco (a que usei tinha 7 g)
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de açúcar

Modo de preparação:
1. Ligar o forno a 180º.
2. No copo da bimby colocar a água e o fermento e programe 3min./37ºC/vel.2.
3. De seguida adicionar  a farinha, o sal e o açúcar e programe 4 min/vel. de espiga.
4. Moldar o pão, fazer um corte a meio ou em cruz e levar ao forno num tabuleiro enfarinhado durante cerca de 30 minutos e aumenta-se a temperatura para 200º.



terça-feira, 4 de abril de 2017

República dos cachorros

República dos Cachorros, pelo nome o que pensariam ser o prato principal e qual pensariam ser a ementa? Eu confesso que ia com a ideia de que esta seria uma casa onde se vendiam imensas variedades de cachorros. Quando chego e vejo a lista tenho que confessar que foi impossível não ficar desiludida. É que na lista só constavam 3 cachorros, o simples, o misto e o especial. Bom, assim a decisão estava feita sem ter a habitual dificuldade perante o que escolher para comer. É que se estava num sitio em que o nome contem a palavra Cachorros eu tinha que comer um cachorro, pedi o especial que é servido com molho de francesinha. 
Para quem não está habituado aos cachorros típicos do Porto (penso que sejam típicos daqui pois foi aqui que os vi pela primeira vez), a recepção deste cachorro pode ser um choque! Para mim não foi pois já os conhecia. Este tipo de cachorro é feito com um pão comprido, estreito e que é torrado, pelo menos o pão apresenta-se com consistência de torrado. Leva queijo por cima e molho de francesinha. O cachorro era saboroso, com o pão muito crocante, o molho saboroso e picante. 
As batatas fritas são pagas à parte o que me faz achar que os 6€ pedidos pelo cachorro sejam um pouco caro.
O atendimento foi rápido e eficiente e o restaurante rapidamente encheu.

Morada: Praça dos Poveiros, 30, Porto




Cachorro especial (queijo, fiambre e molho de francesinha)



República dos Cachorros Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Hambúrguer de frango

Havia muito tempo que queria experimentar a fazer hambúrgueres em casa, mas o tempo lá ia passando e eu nada. Um dia vi bolo do caco à venda, comprei e congelei pois era perfeito para os tais hambúrgueres que queria fazer. Mas, mais uma vez o tempo lá foi passando. Um dia decidi que não podia deixar o pão envelhecer no congelador e lá fui comprar o que era necessário para fazer os hambúrgueres. Ficaram mesmo à maneira e super saborosos! 

Ingredientes:
  • 600 g de peito de frango
  • 100 g de linguiça
  • 1 cebola roxa média
  • 2 dentes de alho
  • 1 raminho de salsa
  • 1 ovo
  • sal e pimenta q.b.
  • cogumelos frescos
  • fatias de bacon
  • rodelas de tomate
  • folhas de alface
  • fatias de queijo
  • batata doce
  • bolo do caco

Modo de preparação:
Num processador de alimentos coloque o peito de frango, a linguiça, a cebola, os alhos, a salsa, o sal e a pimenta e triture tudo. Após estar tudo triturado e bem misturado junte o ovo e misture tudo muito bem. 
Molde os hambúrgueres, uma tampa redonda de uma caixa plástica pode ser um bom auxílio na parte da modelação dos hambúrgueres. Grelhe numa frigideira/chapa anti-aderente. 
Entretanto salteie os cogumelos, frite as fatias de bacon e faça as batatas doces como eu expliquei aqui
Em relação ao queijo se gostarem dele bem derretido podem colocar em cima do hambúrguer enquanto ele ainda estiver na frigideira/chapa, mas quase a terminar de cozinhar.
Para a montagem do hambúrguer, colocar em cima do bolo do caco primeiro a alface, depois o tomate, o hambúrguer com o queijo, os cogumelos, o bacon e a parte superior do bolo do caco.
Acompanhem com a restante salada que não colocaram dentro do hambúrguer e as batatas doces. 







sábado, 1 de abril de 2017

À Brás Vegetariano

E cá estamos nós em mais um principio de mês e consequentemente em mais um Dia Um... Na Cozinha. Desta vez o tema escolhido foram os Ovos.
Assim à partida parece ser algo fácil, mas depois começamos a pensar em pratos onde o ovo seja rei (já que é esse o objectivo) e assim de repente o que penso logo é em pão de ló e em farófias. Mas não me apetecia fazer nenhum dos dois, embora adore ambos.
Depois pensei, vou fazer um À Brás. A questão que se colocou a seguir foi se aqui o ovo é rei e a minha resposta é sim. Tradicionalmente era o bacalhau que era feito à brás, depois começou-se a fazer de tudo e mais alguma coisa à brás. Depois vieram as pessoas que se preocupam com a saúde e que deixaram de usar a batata frita mas continuam a chamar aos pratos à brás. Assim, o que é que têm em comum e o que é nunca muda nestes pratos todos, o ovo. O ovo é o ingrediente comum em todos eles. Por isso, aqui vos deixo com a minha sugestão de um À Brás Vegetariano.

Ingredientes:
  • 2 alhos franceses
  • 1 courgette média
  • 1 cebola média
  • 1 dente de alho
  • 100 g de cogumelos frescos
  • meio pacote de batata frita palha
  • 3 ovos
  • 1 ramo de salsa
  • azeite e pimenta q.b.

Modo de preparação:
Num tacho coloque um fundo de azeite e junte o alho francês e a cebola cortados em finas rodelas, a courgette com casca em cubos, os cogumelos laminados e o alho picado. Tempere com pimenta e deixe cozinhar. Quando os legumes já estiverem cozinhados junte a batata palha e misture bem. À parte bata os ovos e misture com os restantes ingredientes no tacho. Deixe ao lume até que o ovo esteja cozinhado e misture a salsa antes de servir.





sexta-feira, 31 de março de 2017

Parece que ele também cozinha - Tomates recheados com salada de batata doce

E quando ele se chega à frente e resolve fazer um prato que vocês sempre quiseram fazer, mas nunca o fizeram por achar ser um prato difícil de preparar? Acho que difícil não será a palavra mais correcta, será talvez delicado de preparar. Mas, dizia eu, o que fazem vocês? Eu? Eu sai da frente e deixei-o à vontade na cozinha! Quando me apresentou este delicioso prato até se me vieram as lágrimas aos olhos de orgulho e felicidade. ;) Ainda por cima fez também uma deliciosa salada de batata doce para acompanhar.

Ingredientes para os tomates:
  • tomates
  • cogumelos
  • bacon
  • cebola
  • salsa
  • queijo mozzarella ralado
  • azeite
  • Extras: batata doce, ovo...

Modo de preparação dos tomates:
Cortar a parte superior do tomate e cuidadosamente retirar o interior do tomate. Numa frigideira coloque azeite, a cebola, o tomate e os cogumelos todos picados. Junte também o bacon e a salsa e deixe cozinhar. Recheie os tomates com este preparado. Para variar podem também colocar um pedaço de batata doce cozida ou um ovo dentro do tomate. Cobrir com queijo ralado e levar ao forno a gratinar. 


Ingredientes para a salada de batata doce:
  • batatas doces
  • azeite
  • vinagre balsâmico
  • cebola crocante (esta foi uma que comprámos no Ikea)

Modo de preparação da salada de batata doce:
Coza as batatas no microondas como explico aqui. Depois de descascar as batatas, cortar em pedaços e temperar com o azeite, vinagre e cebola.